quarta-feira, 4 de maio de 2011

Ananindeua é o primeiro município do Pará a ter uma Unidade de Conservação em cadastro nacional

Nota do Blog: Já tive o prazer de conhecer o local e posso dizer que é muito bem cuidado e de muito bom gosto. Local perfeito para levar a família, parar para apreciar a natureza latente do local, e também, caminhar respirando o ar puro do parque, que repleto de árvores faz com que a poluição fique do lado de fora. Para quem gosta de espaços para contemplação da natureza e com infraestrutura como o Bosque (Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves) e o Museu Emílio Goeldi, eu indico o Parque Ambiental de Ananindeua "Antonio Danúbio".




Visualizar Parque Ambiental Antonio Danúbio em um mapa maior

Na manhã da última terça-feira (03), o Ministério do Meio Ambiente confirmou a informação de que o Parque Ambiental de Ananindeua "Antonio Danúbio" foi reconhecido como a primeira Unidade de Conservação municipal do Pará inscrita no Cadastro Nacional de Unidades de Conservação (CNUC). Até o momento, somente as Unidades de Conservação Estaduais estavam cadastradas no CNUC.

Para o secretário de Meio Ambiente de Ananindeua, Rui Begot, o município sai na frente mostrando a população o quanto o tema meio ambiente está sendo priorizado. “Esse é apenas o começo de muitos trabalhos que Ananindeua ganhará na questão ambiental. Nossa meta é ampliar esses projetos implantando futuramente o Parque do Seringal e o primeiro Bosque de Ananindeua”.

Segundo o secretário, fazer parte do cadastro nacional possibilita solicitação de recursos federais do Fundo Nacional de Compensação Ambiental (CEF-MMA). Os recursos são oriundos de de atividades e empreendimentos potencialmente poluidores ou utilizadores de recursos naturais que, em função da instalação ou operação de empreendimentos, causam significativo impacto ambiental.

O Fundo contemplará exclusivamente para unidades de conservação reconhecidas pelo CNUC como pertencentes ao Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza. O Parque Ambiental de Ananindeua “Antonio Danúbio” foi cadastrado junto ao CNUC como Unidade de Conservação Municipal de Uso Sustentável, na categoria Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE).

O Parque está localizado às margens da BR 316, km 05, e tem como objetivo garantir a preservação e a proteção da fauna e da flora ali existentes, além de promover a utilização dos componentes naturais na educação ambiental, com a finalidade de tornar a comunidade parceira na conservação do patrimônio natural do município.

O Parque Ambiental de Ananindeua "Antônio Danúbio" fica no km 5 da BR 316 e está aberto de terça-feira a domingo, de 8h às 17h para visitação. Para atividades esportivas, o horário é de 6h às 8h e das 17h às 18h. Escolas e demais instituições interessadas em agendar visitas devem entrar em contato pelo número (91) 9229-3862.

Fonte: Prefeitura de Ananindeua (Assessoria de imprensa)

3 comentários:

  1. O Parque é realmente muito bonito, moradores da região metropolitana precisam conhecê-lo. Parabéns pela notícia! Eliana.

    ResponderExcluir
  2. AgroTools e Digibase apresentam solução Geoespacial para a cadeia do Agronegócio

    Um dos destaques da AgroTools www.agrotools.com.br líder nas soluções de Agro BI (Agri business Intelligence), durante o MundoGEO#Connect, realizado em São Paulo, nos dias 14, 15 e 16 de junho, é a parceria com a Digibase www.digibase.com.br especializada no fornecimento de Imagens de satélite de alta resolução, garantindo ainda mais precisão na gestão, análise e monitoramento de riscos dos produtos AgT.

    Essas imagens funcionam como insumo para os produtos Agrotools - AgT, empresa provedora de soluções para o AgroNegócio Sul Americamo, com sede em São Paulo e conta com sua equipe técnica em São José dos Campos, preparada para incorporar imediatamente as novidades geotecnologicas as necessidades da cadeia de negócios Agro. filial em São José dos Campos.

    A AgroTools participa da plataforma tecnológica ESRI www.esri.com,através do programa de parcerias Esri Partner Network – EPN.

    Segundo Sergio Rocha,diretor da AgroTools: “o objetivo principal das soluções é prover ferramentas de gestão, análise e monitoramento de riscos para toda a cadeia do Agronegócio”
    Identificamos parâmetros que auxiliam nas tomadas de decisões estratégicas e operacionais, priorizando a análise, projeção, controle e transparência nas operações estruturadas agro como: “Asset Management, buil-to-suit, sale leaseback”, além de atuar como “Special Adviser” nas operações financeiras em investimentos alternativos no ativo “Commodities”, Desta forma, os clientes da AgT podem visualizar e interpretar o negócio rural ao longo do tempo de forma espacializada e compreensão imediata dos investidores.

    Felipe Seabra, gerente de marketing da Digibase, explica que é possível ainda desenvolver subprodutos essenciais para o agronegócio, tais como: estimativas de biomassa, detecção de mudanças da estrutura fundiária e da produção agrícola, além de mapas temáticos de uso agropecuário e cobertura das terras em detalhes jamais vistos no mercado brasileiro.

    Mesa redonda

    Durante o MundoGeo #Connect a Agrotools e Digibase promovem mesa redonda com o tema:
    Finalmente chegou a vez de inserir o AgroNegócio na modernidade, com as ferramentas e soluções de GeoTecnologia para Agro BI (Agri business Intelligence).
    Fator decisivo e estratégico para consolidação do Brasil no principal cenário internacional de Commodities, no dia 16 de junho, às 14:30h, no auditório numero 5 com as presenças confirmadas: do Cientista Político, especializado em relações internacionais Christian Lohbauer; do Deputado Federal Irajá Abreu;do estrategista juridico Daltro Borges;do gerente de marketing da DIGIBASE Felipe Seabra e dos sócios fundadores da AgroTools; Sergio Rocha e Breno Felix.

    Mais informações
    contato@agtweb.com.br

    ResponderExcluir
  3. o parque é muito lindo,e o mais legal é que moro bem perto.........Luciane......

    ResponderExcluir