terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Principais novidades do ArcGIS 10 desktop!

ArcGIS 10 é um grande release que inclui uma série de novas funcionalidades. Há um folder com as novidades e também o tópico no site sobre o tema.
Veja abaixo um sumário das principais novidades:

  • Interface com o usuário – Uma nova interface proporciona ao usuário um aumento considerável em produtividade. Várias janelas são “dockable” e você pode oculta-las facilmente, privilegiando a visualização do mapa. Os menus estão melhores estruturados, facilitando o encontro de funções.
  • Edição – O novo workflow de edição do ArcMap permite a criação de templates para edição. Isto dá a possibilidade de o usuário pre-configurar a maneira com que deseja editar suas informações. Os usuários não precisam mais adicionar uma feição e depois definir atributo e simbologia. Agora é possível simplesmente selecionar o tipo de feição, atributo e símbolo antes de começar o trabalho. Muitas outras melhorias forma adicionadas incluindo snnaping e a forma como os menus são acessados.
  • Edição em 3D com ArcGIS 10 (requer 3D Analyst): O ambiente de edição padrão está disponível dentro do ArcGlobe e do ArcScene e permite a criação e atualização de feições GIS z.aware. Você está apto a:
    • Iniciar Edição, Parar Edição, Salvar Edição, usar as funções Undo e Redo e fazer o gerenciamento de outras tarefas em edições 3D. O ambiente de Snapping também é suportado assim como as opções de criação usando precisão paralela, perpendicular, deflecção e absoluto XYZ, entre outros;
    • Criar e apagar feições individualmente. Isto inclui a criação e o armazenamento de linhas verticais no geodatabase;
    • Mover, Rotacionar, escalar e redesenhar geometria (alto nível de edição). Isto inclui as opções e habilidades para desenhar modelos 3D diretamente com visualização 3D, assim como funções de multipatch e por fim mover/escalar/rotacionar modelos de superfície.

Há também ferramentas adicionais para criação e manutenção de dataset do tipo Terrain e para edição de TIN. Há uma barra de edição para TIN no ArcMap.

  • Tabela de Atributos – A tabela de atributos está agora “dockable” podendo ser ocultada. Várias tabelas também podem ser abertas ao mesmo tempo.
  • GeoProcessing – Poder rodar o geoprocessamento em background e continuar a trabalhar no ArcMap normalmente é a grande novidade para geoprocessamento. Há também uma nova janela para apresentação de resultados, bem como novas funções e melhorias no desempenho.
  • Temporal Mapping – O Mapa é agora “time aware”, ou seja, é possível fazer análises temporais e comparar a evolução ao longo do tempo e ilustrar através de animação.
  • Imagery - Algumas ferramentas da extensão Image Server foram migradas para o core de funcionalidades do Desktop. Isto permite que mosaico de dados raster sejam facilmente criados e gerenciados através do Geodatabase.

Um pacote de ferramentas para processamento de imagens está disponível diminuindo assim a necessidade de softwares nativos desta natureza. As novas capacidades para trabalhar com imagens estão disponíveis também através do Geoprocessing permitindo a criação de processos e fluxos de trabalho para automatizar a manipulação e o gerenciamento das imagens.

  • Map and Layer Packages – Uma forma muito simples de salvar e compartilhar seus dados e mapas com outros usuários através do ArcGIS.com
Mais informações: http://www.img.com.br/arcgis10/faq.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário